Contabilidade

Balanço Patrimonial


Critérios de classificação das contas

No Balanço Patrimonial, as contas serão classificadas segundo os elementos do patrimônio que a registrem e agrupadas de modo a facilitar o conhecimento e a análise da situação financeira. Na empresa em que o ciclo operacional tiver duração maior que o exercício social, a classificação no circulante ou longo prazo terá por base o prazo desse ciclo.

No ativo, as contas serão dispostas em ordem decrescente de grau de liquidez dos elementos nelas registrados, nos seguintes grupos: Ativo Circulante; e, Ativo não Circulante, composto pelo Ativo realizável à Longo Prazo, Investimentos, Imobilizado e Intangível. 

No passivo, as contas serão classificadas nos seguintes grupos: Passivo Circulante; Passivo não Circulante; e, Patrimônio Líquido, dividido em Capital Social, Reservas de Capital, Ajustes de Avaliação Patrimonial, Reservas de Lucros, Ações em Tesouraria e Prejuízos Acumulados.

Ativo

As contas serão classificadas do seguinte modo:

Ativo Circulante: disponibilidades, direitos realizáveis no curso do exercício social subsequente e aplicações de recursos em despesas do exercício seguinte;

Ativo não Circulante:

· Ativo Realizável à Longo Prazo: direitos realizáveis após o término do exercício seguinte, assim como os derivados de vendas, adiantamentos ou empréstimos a sociedades coligadas ou controladas, diretores, acionistas ou participantes no lucro da empresa, que não constituírem negócios usuais na exploração do objeto da empresa;

· Investimentos: participações permanentes em outras sociedades e direitos de qualquer natureza, não classificáveis no ativo circulante, e que não se destinem à manutenção da atividade da empresa;

· Ativo imobilizado: direitos que tenham por objeto bens corpóreos destinados à manutenção das atividades da empresa ou exercidos com essa finalidade, inclusive os decorrentes de operações que transfiram à empresa os benefícios, riscos e controle desses bens;

· Intangível: direitos que tenham por objeto bens incorpóreos destinados à manutenção da companhia ou exercidos com essa finalidade, inclusive o fundo de comércio adquirido.

Passivo Exigível

As obrigações da empresa, inclusive financiamentos para aquisição de direitos do Ativo não Circulante, serão classificadas do seguinte modo:

Passivo Circulante: quando obrigações vencerem no exercício seguinte; e,

Passivo não Circulante: se as obrigações tiverem vencimento em prazo maior, observado o ciclo operacional quando tiver duração maior que o exercício social.

Patrimônio Líquido

As contas serão classificadas do seguinte modo:

Capital social: discriminará o montante subscrito e, por dedução, a parcela ainda não realizada;

Reservas de Capital: as contas que registrarem a contribuição do subscritor de ações que ultrapassar o valor nominal e a parte do preço de emissão das ações sem valor nominal que ultrapassar a importância destinada à formação do capital social, inclusive nos casos de conversão em ações de debêntures ou partes beneficiárias; o produto da alienação de partes beneficiárias e bônus de subscrição; e, o resultado da correção monetária do capital realizado, enquanto não-capitalizado;

Ajustes de Avaliação Patrimonial: enquanto não computadas no resultado do exercício em obediência ao regime de competência, as contrapartidas de aumentos ou diminuições de valor atribuído a elementos do Ativo e do Passivo, em decorrência da sua avaliação a valor justo, nos casos previstos na Lei 6404/76 e em normas expedidas pela Comissão de Valores Mobiliários;

Reservas de Lucros: as contas constituídas pela apropriação de lucros da empresa.

Ações em Tesouraria: deverão ser destacadas como dedução da conta do Patrimônio Líquido que registrar a origem dos recursos aplicados na sua aquisição.

Estrutura do Balanço Patrimonial

BALANÇO PATRIMONIAL

ATIVO

PASSIVO

ATIVO CIRCULANTE

PASSIVO CIRCULANTE

ATIVO NÃO CIRCULANTE

PASSIVO NÃO CIRCULANTE

 · Realizável à Longo Prazo

PATRIMÔNIO LÍQUIDO

 · Investimentos

 · Capital Social

 · Imobilizado

 · Reservas de Capital

 · Intangível

 · Ajustes de Avaliação Patrimonial

 

 · Reservas de Lucros

 

 · Ações em Tesouraria

 

 · Prejuízos Acumulados

Ver mais: Artigo 178 a 182 da Lei 6.404/76 (Lei das S/A).

Últimas Notícias

Cotações e Índices

veja mais

Obrigações do Dia

31/07/2014 - 5° Feira
COFINS/CSL/PIS-PASEP - Retenção na Fonte
COFINS/PIS-PASEP - Retenção na Fonte - Autopeças - período de 1º a 15.07.2014
Contribuição Sindical (empregados) - Junho/2014
CSL - Apuração mensal - Junho/2014
CSL - Apuração trimestral - 2º trimestre de 2014
Declaração de Operações Imobiliárias (DOI) - Junho/2014
Declaração sobre a Opção de Tributação de Planos Previdenciários (DPREV)
FINOR/FINAM/FUNRES (Apuração mensal) - Junho/2014
FINOR/FINAM/FUNRES (Apuração trimestral) - 2º trimestre de 2014
INSS - Previdência Social - Simples Nacional (Parcelamento Especial)
IOF - Imposto sobre Operações Financeiras
IPI - Imposto sobre Produtos Industrializados - Fabricantes de produtos do capítulo 33 da TIPI
IRPF - Carnê-leão - Junho/2014
IRPF - Lucro na alienação de bens ou direitos
IRPF - Quota - ano-calendário de 2013
IRPF - Renda variável - Junho/2014
IRPJ - Apuração mensal - Junho/2014
IRPJ - Apuração trimestral - 1ª quota ou quota única 2º trimestre de 2014
IRPJ - Renda variável - Junho/2014
IRPJ/Simples Nacional - Ganho de Capital na alienação de Ativos - Junho/2014
IRRF - Fundos de Investimento Imobiliário
PAEX 1 (Parcelamento Excepcional)
REFIS (Lei nº 11.941/2009)
REFIS (Lei nº 9.964/2000 ) Paes (Lei nº 10.684/2003)
Simples Nacional (Parcelamento Especial)
veja mais

Enquete

O que você achou do nosso novo site?
Ótimo
Bom
Regular
Site desenvolvido pela Balaminut (XHTML / CSS)
Organização Época S/S Ltda.  |  Rua Dom Pedro I, 52 - América - Joinville - SC  |  Fone (47) 3145-9999